TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner


Representante da farda de Luiz Henrique Flores dos Santos

fez bonito na primeira Etapa da Taça Fundistas

O importante Clássico Estensoro 2024 (R$ 6.500,00 + bônus de R$ 500,00 ao dono do animal vencedor) – para animais de 3 anos e mais idade, sendo a primeira etapa da Taça de Fundistas –, foi realizado Quinta-feira, dia 22, na pista interna de areia macia do Hipódromo do Cristal. Quem falou mais alto nos 1.900 metros desta relevante competição foi o brilhante potro TROVÃO DA LAGOA (Macho, Castanho, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Bold Start e Gravette por Drosselmeyer), de criação do Haras Paraíso da Lagoa e propriedade do Sr.Luiz Henrique Flores dos Santos.

Recebendo impecável orientação do multicampeão da Estatística, Claudinei Farias, o filho de Bold Start esteve próximo da dianteira desde a largada. Vigiando de perto os passos do veloz e valente Olympic Linkedin (5.Goldikovic), vencedor desta prova no ano passado, TROVÃO DA LAGOA evoluiu na altura dos 200 metros finais para atingir o seu objetivo, garantindo cerca de 2 corpos de vantagem sobre seu maior oponente. Algo afastado, em terceiro, finalizou Fera do Manno (6.Alcorano), deixando El Cosechero (6.Alcorano) – ganhador das edições 2022 dos Grandes Prêmios Bento Gonçalves (G.II) e Protetora do Turfe (L.) –, no quarto e último lugar.

Brilhantemente treinado pelo mestre Neimar Canut, o vitorioso, TROVÃO DA LAGOA, que triunfou na esfera clássica pela quarta vez, assinalou o tempo de 2m04s2/10s.

FOTO: Hermes Martins – TURFE ON-LINE

TROVÃO DA LAGOA: Exibição perfeita na areia do Cristal!

 

Transbordando garra ao longo do percurso, defensor do

Stud Plastiplan garantiu vaga no GP Latino Americano (G.I)

Classificatória ao Gran Premio Latinoamericano 2024 (G.I), a ser realizado no dia 14 de Abril, na distância de 2.000 metros, em pista de areia, do Hipódromo peruano de Monterrico, a Prova Especial Dark Brown 2024 (R$ 5.500,00 + R$ 3.300,00 em bônus ao dono do ganhador) – para produtos de 3 anos e mais idade –, foi uma das atrações da reunião de Sábado, 17 de Fevereiro, no Jockey Club de São Paulo. Quem falou mais alto nos 2.100 metros, em raia de areia macia, desta importante competição, foi o brilhante fundista-arenático PINHÃO DO IGUASSU (Macho, Castanho, 4 anos, do Paraná – Forestry e Que Festa por Wild Event), de criação do Haras Rio Iguassu e propriedade do Stud Plastiplan.

Recebendo preciosa orientação do habilidoso José Severo – que está perto de trocar o Turfe brasileiro pelo australiano –, o neto do memorável garanhão Wild Event buscou a primeira posição logo após a largada e ditou o ritmo da carreira até a entrada da reta final, quando chegou a ser superado por alguns rivais. Na energia de seu piloto, PINHÃO DO IGUASSU foi extremamente guerreiro para reagir e retomar a dianteira pouco antes do espelho, ultrapassando-o com meio corpo de vantagem sobre o não menos valente Campelanda (7.Midshipman), que vendeu caro a derrota. O qualificado King Four (5.Siphon), também tendo ativa participação no páreo, chegou próximo na terceira colocação. Impiedoso (5.Universal Law) cruzou o disco em quarto, deixando Wil Myers (6.Kodiak Kowboy) no complemento do marcador. Fervoroso encerrou o lote, em sexto. Já Mamba Mentality não foi apresentado.

O brilhante Márcio Ferreira Gusso, atuante no Paraná, é quem responde pelo treinamento do vencedor, PINHÃO DO IGUASSU, que chegou ao terceiro triunfo nobre de sua campanha. Os relógios pararam na marca de 2m09s696s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

PINHÃO DO IGUASSU: O melhor entre os fundistas-arenáticos!


 

BOY GIFT VOLTA A DAR ESPETÁCULO

Sáb, 17 de Fevereiro de 2024 17:20

Invicto representante do Haras Rio Iguassu

confirmou seu favoritismo na P.E.Nageur 2024

Vitorioso, no final de Dezembro, da Prova Especial Raphael de Barros Filho 2023, quando fez sua estréia, o precioso potro BOY GIFT (Macho, Castanho, 2 anos, do Paraná – Wenzel Blade e Canarana por Yagli), criado pelo Sr.Fabiano de Moura Fagundes e pertencente ao Haras Rio Iguassu, não poderia ter retornado às competições de melhor maneira. Franco-favorito do público apostador, o neto de Yagli dominou amplamente a edição 2024 da Prova Especial Nageur (R$ 8.500,00 + bônus de R$ 5.000,00 ao dono do animal vencedor) – para produtos de 2 anos –, disputada Sábado, dia 17 de Fevereiro, no percurso de 1.200 metros, em pista de grama pesada, do Hipódromo Paulistano.

Contando com segura orientação do ótimo Valdinei Gil, BOY GIFT, após permanecer em segundo durante o início da disputa, se despediu dos rivais na entrada da reta final. Galopando como estivesse no cânter, o filho do craque Wenzel Blade garantiu pouco menos de 3 corpos de vantagem sobre o atropelador Rüfüs Du Sol (2.Courtier), de desempenho animador. O terceiro posto pertenceu ao veloz Nada Contra (2.Put It Back), deixando Hamilton Naki (2.Goldikovic) no quarto e último lugar. Sundance Kid não competiu.

Muito bem preparado, no Paraná, pelo qualificado Antônio M.Oldoni (PR), o vitorioso, BOY GIFT, que lidera a Geração 2021 em Cidade Jardim, travou os cronômetros na marca de 1m10s034s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

Invicto BOY GIFT consolidou-se na

liderança dos potros em Cidade Jardim


 

ESTRELA DE OUTRA HEMBRA BRILHA NA P.E.ONITIÉ 2024

Sáb, 17 de Fevereiro de 2024 17:13

Filha de Rally Cry foi destaque entre as potrancas da Nova Geração

Em empolgante arrancada por junto a cerca interna, a bela potranca OUTRA HEMBRA (Fêmea, Castanha, 2 anos, do Paraná – Rally Cry e Hembra por Forestry), criada por seu proprietário, o Haras Cifra, ficou com o troféu da Prova Especial Onitié 2024 (R$ 8.500,00 + bônus de R$ 5.000,00 ao dono da ganhadora) – para fêmeas de 2 anos –, que aconteceu Sábado, 17 de Fevereiro, na distância de 1.200 metros, em pista de grama pesada, do Jockey Club de São Paulo.

Com o competente Valmir Rocha perfeito em seu dorso, a descendente de Rally Cry ganhou terreno na metade da reta final para garantir o primeiro triunfo de sua campanha. Exibindo qualidades, OUTRA HEMBRA livrou pouco mais de 1 corpo de vantagem sobre a participativa Sublime (2.Verrazano), de elogiável desempenho. Favorita dos apostadores, a estreante Tenuta Poggione (2.Forestry) cruzou o disco no terceiro lugar, deixando a ligeira Noreña (2.Tiger Heart) na quarta colocação. A outra participante da carreira, Olympic Winner (2.Wenzel Blade), uma das preferidas dos Turfistas, parou na metade da reta final, não completando o percurso.

Apresentada, em exuberante estado atlético, pelo cuidadoso João B.Quadros, que atua no Paraná, a vencedora, OUTRA HEMBRA, registrou a marca de 1m10s344s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

OUTRA HEMBRA: Demonstração de profunda qualidade!


 

De ponta à ponta e com extrema autoridade, representante do

HARAS CAMBAY assume liderança da Geração 2021 no Rio Grande do Sul

Reduzido a quatro potrancas inéditas de 2 anos, em virtude do forfait de Samarina, o Clássico Oswaldo Aranha 2024 (R$ 6.500,00 + bônus de R$ 500,00 ao dono da ganhadora) foi outra atração da corrida de Quinta-feira, 15 de Fevereiro, no Jockey Club do Rio Grande do Sul. A promissora MURASAMA (Fêmea, Alazã, 2 anos, do Paraná – Camelot Kitten e Torturada por Que Fenômeno), criada por seu proprietário, o HARAS CAMBAY, deu show nos 1.100 metros (areia macia, na pista interna) do Hipódromo do Cristal.

Tranquilamente guiada pelo qualificado Kauã Gonçalves, que teve pouco trabalho em seu dorso, a filha de Camelot Kitten assumiu a ponta logo após a largada e assim veio para o disco. Em autêntico galope de saúde, a neta do nacional Que Fenômeno abriu vários corpos de vantagem no espelho sobre a franca-favorita do público apostador, Celestial Kitten (2.Camelot Kitten), que precisou se contentar com a formação da Dupla. Afastada, Harpia (2.Thalasso) cruzou o disco em terceiro, com Diamondsareforever (2.Rally Cry) no quarto e último lugar.

O experiente Suedy Rodrigues é quem responde pelo treinamento da líder entre as potrancas gaúchas da Geração 2021, MURASAMA, que completou a prova na marca de 1m09s2/10s.

FOTO: Hermes Martins – TURFE ON-LINE

MURASAMA: Uma conquista de encher os olhos!


 

Qualificado pensionista de Felipe Vieira

confirmou seu favoritismo com estilo

Abrindo a reunião gaúcha de Quinta-feira, 15 de Fevereiro, o Clássico José Antônio Flores da Cunha 2024 (R$ 6.500,00 + bônus de R$ 500,00 ao dono da vencedora) reuniu três preciosos potros de 2 anos na pista do Hipódromo do Cristal. Categórico êxito do preferido dos apostadores, D´ASTI (Macho, Castanho, 2 anos, do Rio Grande do Sul – Drosselmeyer e Piemonte por Wild Event), de criação da Fazenda Mondesir e propriedade do Turfman José Vecchio Filho.

Seguramente guiado pelo eficiente Ricardo Dornelles, o belo filho de Drosselmeyer, de ritmo inicial suave, acelerou na entrada da reta final para tomar conta do primeiro lugar. Sem tomar conhecimento dos rivais, D´ASTI livrou mais de 6 corpos de vantagem sobre o competente Único Lô (2.Wired Bryan), que ficou com o vice-campeonato. O veloz Dassault (2.Can The Man) foi o terceiro e último colocado.

Invicto nas pistas através de duas apresentações, o vitorioso, D´ASTI, que lidera a Geração 2021 no Jockey Club do Rio Grande do Sul, é treinado pelo qualificado Felipe Vieira. Os 1.100 metros, na pista interna de areia macia do Jockey Club do Rio Grande do Sul, foram percorridos em 1m09s2/10s.

FOTO: Hermes Martins – TURFE ON-LINE

D´ASTI: Neto de saudoso garanhão

Wild Event venceu e convenceu!


 

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner

Banner
Banner