TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner


Defensora do Stud Magia tornou-se a segunda fêmea, neste

milênio, a triunfar na principal prova do Turfe Paulista

Destaque maior da programação de Domingo, 19 de Maio, no Hipódromo Paulistano, o aguardado Grande Prêmio São Paulo 2024 (Grupo I – R$ 100.000,00) – para produtos de 3 anos e mais idade –, teve um desfecho Histórico. Vinte e três anos após a conquista da bela alazã Canzone (1997.Westheimer), do Stud Capitão, uma fêmea voltou a se impor na principal prova do Turfe Paulista. Todos os méritos para a espetacular KENLOVA (Fêmea, Castanha, 4 anos, de São Paulo – Didimo e Love It por Amigoni) – de criação e proprietário, o Stud Magia –, responsável pelo relevante feito deste ano.

Dirigida com habilidade pelo talentoso Francisco Leandro – que veio da Argentina conquistar o primeiro Grande Prêmio São Paulo (G.I) de sua carreira –, a neta do memorável reprodutor Amigoni (IRE) permaneceu no pelotão intermediário no começo da disputa, adentrando a reta final na décima colocação. Impulsionada por Leandro, KENLOVA atropelou com violência nos últimos 200 metros para garantir a vitória, abrindo confortáveis 3 corpos e meio de vantagem sobre o preferido dos apostadores, Obataye (3.Courtier), de empolgante rendimento na competição. O eficiente Chernozem (3.Forestry) ultrapassou o espelho no terceiro posto. Bubbly Rain (3.Setembro Chove) finalizou em quarto, com Maximum Drive (5.Hat Trick) na quinta colocação. Em seguida, chegaram: Rick The Great, Quero Te Mucho, Osprey, Quantify, Cold Heart, Jorel, Gesto Nobre, Sugar Daddy, Callejero, Quebranto, Duc Noire e Galo White (ponteou a prova em seu começo).

O ótimo treinador Emerson Garcia está de parabéns por apresentar a campeã, KENLOVA, no melhor de sua forma física. A preciosa descendente do nacional Didimo (Nedawi), que obteve o oitavo triunfo nobre de sua campanha – sendo o terceiro em provas de Grupo I –, marcou o tempo de 2m24s357s para os 2.400 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo de Cidade Jardim.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

KENLOVA: Simplesmente espetacular nos

2.400 metros gramados de Cidade Jardim!


 

Craque do HARAS CAMBAY confirmou o seu favoritismo

no GP Presidente da República 2024 (G.II)

Domingo, dia 19, no percurso de 1.600 metros, em pista de grama macia, do Hipódromo Paulistano, aconteceu a edição 2024 do tradicional Grande Prêmio Presidente da República 2024 (Grupo II – R$ 50.000,00) – para animais de 3 anos e mais idade. Prevaleceu a classe do favorito QUISAR (Macho, Tordilho, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Kentuckian e Desequilibrada por Redattore), criado por seu proprietário, o HARAS CAMBAY.

Comandado, com extrema felicidade, pelo ótimo Valmir Rocha, o descendente de Kentuckian acompanhou os primeiros movimentos da carreira em quarto, aguardando a reta final para evoluir. Convidado por Rocha nos derradeiros 400 metros, QUISAR ganhou terreno para tomar conta do primeiro lugar. Novamente exibindo todas as suas qualidades, o neto do memorável garanhão Redattore livrou meio corpo de vantagem sobre o experiente Bien Sureño (7.First American), vencedor desta carreira em 2022. Muito perto, em terceiro, finalizou o qualificado Pool Game (5.Honesto). O valente Ushuaia Ibiza (4.Glória de Campeão), que buscava o bicampeonato consecutivo, chegou em quarto, deixando Empoderada (4.Drosselmeyer), a única fêmea do páreo, no complemento do marcador. Fora do placar, terminaram: Noppo, Super Worth, Gryphon (ponteou a carreira em seu início), Mr.Man, Faz Bem, Strategic Spin, Prime do Iguassu e Pele do Iguassu – este desclassificado do nono para o último lugar por falta de peso na repesagem. Guanguer não competiu.

Muitíssimo bem treinado, no Paraná, pelo mestre Antenor Menegolo Neto, o campeão, QUISAR, que conquistou a nona vitória clássica de sua magnífica campanha – sendo a quarta em provas de Grupo –, cravou o tempo de 1m33s017s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

Milheiros curvaram-se ao talento do sensacional tordilho QUISAR!


 

ELETRIZANTE DOLLAR GIGANTESCO!

Seg, 20 de Maio de 2024 22:08

Filho de Billion Dollar, criado pelo HARAS ALVES TEIXEIRA,

foi destaque no GP A.B.C.P.C.C. 2024 (G.I)

Em sua primeira apresentação na esfera clássica, o espetacular velocista ELETRIZANTE DOLLAR (Macho, Castanho, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Billion Dollar e Xuxa Blade por Blade Prospector), criado pelo HARAS ALVES TEIXEIRA e pertencente ao agora hexacampeão Haras Rio Iguassu, falou mais alto no renomado Grande Prêmio Associação Brasileira de Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida/A.B.C.P.C.C. 2024 (Grupo I – R$ 50.000,00) – para produtos de 2 anos e mais idade –, disputado na tarde de Sábado, 18 de Maio, no quilômetro gramado, em pista leve, do Hipódromo de Cidade Jardim.

Contando com qualificada orientação do hábil José Aparecido, o neto de Blade Prospector somente esteve próximo de seus adversários antes da partida ser dada. Assim que o Starting Gate se abriu, ELETRIZANTE DOLLAR tratou de tomar conta da dianteira, abrindo boa vantagem sobre seus poderosos oponentes. Dosado por seu piloto nos momentos decisivos, quando sua vitória já estava assegurada, o filho do nacional Billion Dollar (2010.Put It Back) chegou ao espelho com pouco menos de 1 corpo de diferença sobre o atropelador Koran (5.Hat Trick), de rendimento animador. Favorita dos apostadores e companheira de farda do campeão, a até então invicta Quality do Iguassu (3.Kentuckian) obteve a terceira colocação. Negresco (3.Salto) finalizou em quarto, deixando Cuoere Reine (4.Sum Of The Parts) no quinto posto. New Order, Remy Martin, Red Velvet e No Way José terminaram sem seguida. Legender não competiu.

Carinhosamente preparado, no Paraná, pelo brilhante Antônio Marcos Oldoni, o vencedor e nova estrela da velocidade do país, ELETRIZANTE DOLLAR, que está invicto nas pistas através de duas exibições, parou os cronômetros na ótima marca de 54s023s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

ELETRIZANTE DOLLAR: Defensor do Haras Rio Iguassu

 mostrou que é uma máquina de correr!


 

Comandada de André Luiz Silva se sobressaiu na principal

prova destinada a fêmeas da semana máxima paulista

Confirmando o seu favoritismo, a magnífica potranca CHAMPAGNE ROSÉ (Fêmea, Alazã, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Agnes Gold e Newport Beach por Pioneering) – criada por sua proprietária, a Fazenda Mondesir –, ergueu o troféu do importante Grande Prêmio Organización Sudamericana de Fomento Del Sangre Pura de Carrera/O.S.A.F. (Grupo I – R$ 50.000,00) – para fêmeas de 3 anos e mais idade –, um dos destaques da programação de Sábado, 18 de Maio, no Jockey Club de São Paulo.

Perfeitamente pilotada pelo habilidoso André Luiz Silva, a descendente do inesquecível garanhão Agnes Gold (JPN) permaneceu em segundo até a entrada da reta final, quando evoluiu para dominar a competição. Sem dar chances às suas talentosas rivais, CHAMPAGNE ROSÉ seguiu para o disco com pouco menos de 4 corpos de vantagem sobre a qualificada Q´Luz do Iguassu (3.Forestry), de elogiável performance. O terceiro posto pertenceu a eficiente Flying Star (3.Drosselmeyer). A bela Dash And Play (3.Verrazano), atropelando forte no final, garantiu a quarta posição, deixando Miss Marcela (4.Salto) no complemento do placar remunerado. Depois, terminaram: Quatá, D´Yquem, Literatura, Qumprida Meleca, Rondônia do Futuro, Cervinia, Shallow Now, Lavínia e Rhode Island.

Mantida, em ótima forma física, no Paraná, pelo competente Márcio Ferreira Gusso, a campeã, CHAMPAGNE ROSÉ, que triunfou pela terceira vez na esfera clássica, sendo a primeira em prova de Grupo I, marcou o tempo de 1m58s455s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

CHAMPAGNE ROSÉ brindou os presentes

com uma apresentação impecável!


 

CONQUISTA DE CRAQUE

Seg, 20 de Maio de 2024 22:05

ORYX, filho do nacional Setembro Chove, é

o campeão do GP Juliano Martins 2024 (G.I)

Principal prova destinada a produtos de 2 anos do Festival do Grande Prêmio São Paulo 2024, o Grande Prêmio Juliano Martins 2024 (Grupo I – R$ 30.000,00) aconteceu no início da tarde de Sexta-feira, 17 de Maio, no Jockey Club de São Paulo. Nos 1.500 metros, em pista de grama leve, desta relevante competição, tivemos nova conquista do espetacular ORYX (Macho, Alazão, 2 anos, do Paraná – Setembro Chove e Galang por Amigoni), potro criado por seu proprietário, o Haras Cifra.

Tranquilamente guiado por seu jóquei habitual, o experiente Valmir Rocha, o neto do memorável garanhão Amigoni (IRE), posicionado em terceiro durante os primeiros movimentos da competição, evoluiu ao natural na altura dos 200 metros finais para obter seu terceiro título nobre – todos em provas de Grupo, sendo este seu primeiro Grupo I. Sem dar chances aos rivais, ORYX livrou pouco menos de 4 corpos de vantagem no disco sobre o qualificado Rafa do Iguassu (2.Drosselmeyer), de elogiável desempenho na competição. O veloz Opazo (2.Rally Cry), companheiro de farda do ganhador, concluiu sua apresentação em terceiro, deixando Sargento York (2.War Secretary) no quarto e último lugar. Clapyourhands não foi apresentado.

Carinhosamente preparado, no Paraná, pelo eficiente João B.Quadros, o craque ORYX, que chegou ao terceiro triunfo nobre de sua campanha – sendo o segundo em provas de Grupo –, parou os cronômetros na fantástica e incomum marca de 1m26s544s – estabelecendo o novo recorde da prova e ficando a apenas 87 milésimos de segundo do recorde de Néleo (2000.Bright Again), registrado no distante ano de 2003.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

ORYX: Espetacular na raia de Cidade Jardim!


 

Defensora do Haras Belmont Ltda. consolidou-se

na liderança das potrancas em São Paulo

As melhores potrancas de 2 anos em atividade no Turfe de São Paulo se enfrentaram no importante Grande Prêmio João Cecílio Ferraz (Grupo I – R$ 30.000,00), disputado Sexta-feira, 17 de Maio, no percurso de 1.500 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo de Cidade Jardim. Brilhou a estrela da preciosa FUERZA VIVA (Fêmea, Castanha, 2 anos, do Rio Grande do Sul – Goldikovic e Flower Crown por Wild Event), de criação do Dr.Ulisses Lignon Carneiro e propriedade do Haras Belmont Ltda.

 Com o habilidoso Ângelo Márcio de Souza perfeito em seu dorso, a neta do inesquecível garanhão Wild Event, que adentrou a reta de chegada na sétima posição, “decolou” nos 150 metros finais para triunfar na esfera nobre pela segunda vez, garantindo pouco mais de 1 corpo de vantagem sobre a campeã da Copa Precocidade e Velocidade da A.B.C.P.C.C. 2024, Piu Carina (2.Kentuckian), que vendeu caro a derrota. Também empolgando, a participativa Outra Vista (2.Setembro Chove) finalizou próxima no terceiro lugar. Tempest Shadow (2.Verrazano) finalizou em quarto, deixando a ligeira La Color Trick (2.Can The Man) no complemento do marcador. Em seguida, arremataram: Myanmar, Run do Iguassu, New Velocity, Sonora Balada e Outra Hembra. Miss Manaus não competiu.

Apresentada, em estado atlético invejável, pelo competente Maurício S.Oliveira, que atua no Paraná, a vitoriosa, FUERZA VIVA, líder das potrancas paulistas da Geração 2021, travou os cronômetros na marca de 1m27s599s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

Categoria de FUERZA VIVA novamente fez a diferença!


 

GAUDÉRIO ENSINA O CAMINHO AOS OPONENTES

Seg, 20 de Maio de 2024 21:49

Precioso potro do Stud Sampaio fez bonito

no quilômetro gramado da P.E.Requebra 2024

Reunindo produtos de 2 anos, a Prova Especial Requebra 2024 (R$ 20.000,00) foi abertura de alto nível da programação de Segunda-feira, 20 de Maio, no Hipódromo da Gávea. No quilômetro gramado, em pista leve, desta relevante competição, prevaleceu a categoria do favorito GAUDÉRIO (Macho, Castanho, 2 anos, do Rio Grande do Sul – Tiger Heart e Ahaha por Shanghai Bobby), de criação do Haras Old Friends Ltda. e propriedade do Stud Sampaio.

Muito bem dosado pelo talentoso Vagner Borges, o primeiro filho da craque Ahaha (2015.Shanghai Bobby) – vencedora de dez provas clássicas na raia do Hipódromo do Cristal, em Porto Alegre –, largou e acabou. Mantendo sempre boa folga na liderança, GAUDÉRIO garantiu pouco mais de 1 corpo de vantagem sobre o insistente Newton Doc (2.Chronnos), que teve desempenho animador. O belo Sultan Of Love (2.Verrazano) cruzou o disco no terceiro lugar. Sunshine Marie (2.West By East) finalizou em quarto, com Nuvem de Oort (2.Hofburg) no complemento do placar remunerado. Já Amor Sincero foi o sexto e último colocado.

O qualificado Roberto Morgado Neto (CT) é quem responde pelo treinamento do vitorioso, GAUDÉRIO, que brilhou na esfera nobre pela primeira vez. Os cronômetros foram travados na marca de 56s94s.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

GAUDÉRIO: Superioridade de ponta a ponta!


 

Precioso potro do Neverending Stud se

sobressaiu entre os fundistas-arenáticos

Reunindo sete preciosos fundistas-arenáticos, de 3 anos e mais idade, o renomado Clássico Delegações Turfísticas 2024 (Listed Race – R$ 11.000,00) – para animais de 3 anos e mais idade –, foi realizado Domingo, 19 de Maio, no percurso de 2.200 metros, em pista de areia macia, do Hipódromo de Cidade Jardim. Quem deixou a raia com este importante troféu foi o brilhante FERVOROSO (Macho, Castanho, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Verrazano e Quero Quero por Royal Academy), de criação do Haras Old Friends Ltda. e propriedade do Neverending Stud.

Com o habilidoso Fernando Larroque tendo a responsabilidade de comandá-lo, o belo descendente de Verrazano, após acompanhar o princípio da carreira em segundo, despediu-se dos rivais durante o contorno da grande curva. Esbanjando categoria na reta de chegada, FERVOROSO seguiu para o espelho com expressiva diferença, de 6 corpos e meio, sobre o atropelador Impiedoso (5.Universal Law), de elogiável performance. O terceiro posto pertenceu ao confirmador Rocky Fon (5.Eyeofthetiger). Born Slippy (3.Silent Times) concluiu sua apresentação em quarto, deixando o ligeiro Let´s Rock (5.Setembro Chove) no complemento do placar remunerado. Depois, terminaram: Queno do Iguassu (bastante apostado, produziu pouco) e Trick Twice.

Vivendo o auge de sua campanha nas pistas, o vencedor, FERVOROSO, que triunfou pela segunda vez na esfera nobre, é treinado pelo cuidadoso Dendico Garcia Jr. 2m16s411s foi o tempo da competição.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

FERVOROSO: Filho de Verrazano perdeu de vista os adversários!


 

Pelo segundo ano consecutivo, neto de

Vettori foi o melhor no Clássico Adil (L.)

Realizado Domingo, 19 de Maio, no percurso de 3.000 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo de Cidade Jardim, o importante Clássico Adil 2024 (Listed Race – R$ 11.000,00) – para animais de 3 anos e mais idade –, foi vencido pelo precioso fundista CONCENTRÉ (Macho, Alazão, 4 anos, do Paraná – Didimo e Reynosa por Vettori), criado por seu proprietário, o Stud Ceprano.

Recebendo impecável orientação do excelente João Moreira, o neto de Vettori, que venceu esta carreira em 2023, permaneceu no pelotão intermediário até a entrada da reta final. Aproveitando-se de excelente passagem por junto à cerca interna, o filho do nacional Didimo (Nedawi) progrediu para tomar conta do primeiro lugar. Mesmo muito pressionado nos momentos decisivos, CONCENTRÉ teve forças para livrar meia cabeça de vantagem sobre o insistente Mind Trick (3.Hat Trick), que vendeu caro a derrota. O eficiente Quoi De Neuf (4.Gober) terminou próximo no terceiro lugar. Qual É (4.Going Somewhere) chegou em quarto, deixando Pingos Nos Is (5.Going Somewhere) na quinta posição. O veloz El Kin foi o último a ultrapassar o espelho, uma vez que o outro inscrito no páreo, Bacilo, não completou o percurso.

Treinado com esmero pelo eficiente Lucas Quintana, o agora bicampeão, CONCENTRÉ, que chegou ao sexto êxito nobre de sua campanha, parou os relógios na marca de 3m05s713s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

Não faltou emoção no bicampeonato de CONCENTRÉ (por dentro)!


 

MARANHÃO ROUBA A CENA EM BELA ARRANCADA

Dom, 19 de Maio de 2024 20:20

Representante do Haras Valentin deixou

sua marca na P.E.Quartier Latin 2024

Domingo, dia 19, o Jockey Club de São Paulo também foi o cenário da disputa da Prova Especial Quartier Latin 2024 (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono do ganhador) – para produtos de 3 anos e mais idade. Brilhou a estrela do atropelador MARANHÃO (Macho, Castanho, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Chronnos e Bright Clara por Agnes Gold), de criação do Haras Anderson e propriedade do Haras Valentin.

Muito bem orientado pelo competente Idevaldo Silva, o belo filho de Chronnos, que adentrou a reta final no penúltimo posto, avançou com firmeza nos 150 metros finais para alcançar seu objetivo, garantindo pouco mais de 1 corpo de vantagem sobre o preferido dos apostadores, Casino Royale (3.Agnes Gold), que ficou sem passagem na reta de chegada. O belo Quebrantador (4.Honesto), também tendo ativa participação na corrida, obteve a terceira colocação. Play do Iguassu (4.Fixador) cruzou o disco em quarto, com Aglow Way (4.Kik-Malo) no quinto lugar. Mortal Kombat, Oberon, Dancing Mambo e Nureyev Boy (liderou a competição em seu começo), finalizaram em seguida. Great-Virus não atuou.

O competente Roberto Penachio é quem responde pelo treinamento do vencedor, MARANHÃO, que triunfou na esfera nobre pela segunda vez. Os 1.600 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo Paulistano foram percorridos em 1m33s034s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

Rivais não resistiram ao talento de MARANHÃO


 

Filho de Kentuckian foi superior no Clássico Presidente João Tobias de Aguiar (L.)

O precioso velocista REY DE MÔNACO (Macho, Castanho, 4 anos, do Paraná – Kentuckian e Samambaia Girl por City Zip), criado por seu proprietário, o Haras do Morro, brilhou intensamente nos 1.200 metros (areia macia), do Clássico Presidente João Tobias de Aguiar (Listed Race – R$ 11.000,00) – para produtos de 3 anos e mais idade –, realizado Sábado, 18 de Maio, no Hipódromo de Cidade Jardim.

Seguramente comandado pelo eficiente Henderson Fernandes – que veio do Rio de Janeiro para atuar no Festival do Grande Prêmio São Paulo –, o neto de City Zip precisou de poucos metros após a largada para tomar conta do primeiro lugar. Mantendo-se sempre na dianteira, REY DE MÔNACO chegou ao disco com 1 corpo e meio de vantagem sobre o insistente Kruswarovski (3.Glória de Campeão), de elogiável desempenho na competição. Favorito dos apostadores, Qatar do Iguassu (3.Forestry) precisou se contentar com o terceiro lugar. Quarter Pound (4.Victory Is Ours) finalizou em quarto, deixando Zooming (3.Sum Of The Parts) no complemento do marcador. Já Siphon Rock terminou na sexta e última posição.

O craque Antenor Menegolo Neto, que atua no Paraná, é o responsável por manter o ganhador, REY DE MÔNACO, no melhor de sua forma física. Os cronômetros foram travados na boa marca de 1m08s7/10s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

REY DE MÔNACO: Domínio da partida à chegada


 

Filho de Que Fenômeno atropelou com violência para levar a melhor

Beneficiado por um ritmo alucinante na primeira parte do percurso, o experiente BIG ANGEL (Macho, Castanho, 6 anos, de São Paulo – Que Fenômeno e Waves Of Money por Durban Thunder), criado pelo Stud Borba Martins e pertencente ao Sr.Antônio Corteze Sobrinho, atropelou forte para vencer a edição 2024 da Prova Especial Depressa (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono do ganhador), ocorrido Sábado, 18 de Maio, no percurso de 1.200 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo Paulistano.

Precisamente guiado pelo eficiente Idevaldo Silva – que o manteve em quarto durante o início da competição –, o neto de Durban Thunder avançou com firmeza nos momentos decisivos para obter a quinta vitória nobre de sua campanha, livrando uma paleta de vantagem sobre o veloz Ovo Maltine (6.Going Somewhere), que sofreu incrível derrota. O participativo Zilhão Dollar (5.Tiger Heart) chegou próximo no terceiro lugar. A quarta posição pertenceu a Kong (5.Tiger Heart), com Gulf do Jaguaretê (5.Koller) no quinto posto. Em seguida, finalizaram: Dynamo Parts, X-Ray e Fantastic Point. Vencedor, minutos antes, do Clássico Presidente João Tobias de Aguiar 2024 (L.), Rey de Mônaco foi a deserção desta carreira.

O cuidadoso Cláudio Marcelino Silva é quem responde pelo treinamento do vitorioso, BIG ANGEL, que ficou muito perto do recorde ao travar os relógios na excelente marca de 1m07s040 – a melhor marca para o percurso, 1m06s984s, foi estabelecida por Janiel (2017.Salto), no ano passado.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

BIG ANGEL: Arrancada fatal!


 

CADA CENTÍMETRO FOI IMPORTANTE PARA KAMORA

Sáb, 18 de Maio de 2024 21:45

Defensora do Haras Nijú fez bonito na Prova Especial F.I.A.H. 2024

Em uma carreira de extrema emoção, em que a diferença da primeira para a sexta colocada foi inferior a 1 corpo, a bela KAMORA (Fêmea, Castanha, 3 anos, do Rio Grande do Sul – Comandante Dodge e Sanidade por Roi Normand), criada por seu proprietário, o Haras Nijú, ergueu o troféu da Prova Especial F.I.A.H./Fédération Internacionale Des Autorités Hippiques 2024 (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono da ganhadora) – para fêmeas de 3 anos e mais idade –, realizada Sábado, 18 de Maio, no percurso de 1.300 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo de Cidade Jardim.

Com o qualificado Waldomiro Blandi perfeito em seu dorso, a neta do inesquecível garanhão Roi Normand, posicionada em terceiro no início da carreira, lutou intensamente pela vitória na reta de chegada. Sem desistir em nenhum momento, KAMORA teve sua insistência premiada com o troféu pouco antes do disco, cruzando-o com uma cabeça de vantagem sobre a veloz Zika Thunder (5.Desejado Thunder), que perdeu corrida incrível. Muito próxima, em terceiro, finalizou a participativa Ocean Love (3.Camelot Kitten), que também teve destacada performance. A tordilha Qual Que É (4.Il Doge), que chegou atrasada em sua forte atropelada, finalizou em quarto, deixando Q´Landa do Iguassu (3.Kentuckian) no complemento do marcador. Depois, terminaram: Miss Fortune, Meydan, Fortak, Milagrosa, Penina e Sucury Court.

Apresentada, em exuberante estado atlético, pelo competente Marcos Decki, que atua no Paraná, a ganhadora, KAMORA, que brilhou na esfera clássica pela segunda vez, marcou o tempo de 1m15s29s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

KAMORA: A melhor em final cinematográfico!


 

Na insistência de João Moreira, defensora do Haras Kigrandi

conquistou o segundo título nobre de sua campanha

A valente corredora BYBLIC WAR (Fêmea, Castanha, 4 anos, do Paraná – War Secretary e Byblos por Shudanz), criada por seu proprietário, o Haras Kigrandi, alcançou o sucesso na edição 2024 da Prova Especial Off The Way (R$ 5.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono da vencedora) – para fêmeas de 3 anos e mais idade –, que aconteceu Sábado, 18 de Maio, no Jockey Club de São Paulo.

Contando com direção nota 1000 do internacional João Moreira, a neta de Shudanz, após permanecer em quarto no começo da disputa, ingressou na luta pela vitória ao adentrar a reta de chegada. Pressionando até o final, BYBLIC WAR atingiu sua meta somente pouco antes do espelho, ultrapassando-o com uma cabeça de vantagem sobre a competente Grande Sacada (4.Salto), que sofreu incrível derrota. Descontando nos momentos decisivos, a atropeladora La Tache (4.Hat Trick) chegou em terceiro, deixando Pape (5.Gober) e La Ilusión (3.Hinton Wells) empatadas no quarto lugar. Em seguida, finalizaram: Sardegna (liderou a competição em seu início), Nibble (preferida dos apostadores, produziu abaixo do esperado), Azurra (largou com atraso), Street Kittem, Little Ball, Não Para Não, Rainha Victoria, Sumatra e Rosa dos Ventos.

Esta foi a segunda conquista nobre da campanha de BYBLIC WAR, que é treinada, com esmero, pelo qualificado Thiago Haidar. Os 1.800 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo Paulistano foram percorridos em 1m47s086s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

BYBLIC WAR: Superação nos últimos metros


 

Pensionista de Antenor Menegolo Neto (PR) falou mais alto

no Prêmio Especial José Stephanes Ferreira Gringo

Reunindo nove velocistas de 3 anos e mais idade na semana máxima do Turfe Paulista, o já tradicional Prêmio Especial José Stephanes Ferreira Gringo (R$ 4.500,00 + bônus de R$ 3.600,00 ao dono do animal vencedor), ocorrido Sábado, 18 de Maio, em Cidade Jardim, teve sua edição 2024 vencida pela talentosa potranca PRATA KENTUCK (Fêmea, Tordilha, 3 anos, do Paraná – Kentuckian e Prata Sarge por Salute The Sarge), que foi criada nos campos do Haras Cima e pertence ao Stud JFN.

Comandada com precisão cirúrgica pelo excelente Leandro Henrique, a neta de Salute The Sarge, que tem predileção pela grama quando esta encontra-se leve, brigou pela vitória desde a largada. Valente ao extremo, PRATA KENTUCK garantiu, no espelho, uma paleta de vantagem sobre o atropelador Fast Blade (3.Wenzel Blade), que “voava” na hora da verdade. Draque Fast (3.Sum Of The Parts), outro a lutar intensamente pelo êxito, finalizou muito próximo no terceiro lugar. Justiceiro Colt (4.Wired Bryan) terminou em quarto, com a favorita Q´Night do Iguassu (3.Kentuckian) na quinta posição. Depois, terminaram: Habile Bobby, Oh My Goodness, All Magic e Lá Vou Eu.

O mestre Antenor Menegolo Neto, que atua no Paraná, é o responsável pelo preparo da ganhadora, PRATA KENTUCK, que estabeleceu novo recorde para os 700 metros gramados ao cravar o tempo de 36s342s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

PRATA KENTUCK: Qualidade em abundância!


 

Brilhante corredora do Haras do Morro superou os machos

no GP Presidente Augusto de Souza Queiroz 2024 (G.III)

TENUTA POGGIONE (Fêmea, Castanha, 2 anos, do Paraná – Forestry e Positano por First American), talentosa potranca criada por seu proprietário, o Haras do Morro, agigantou-se na edição 2024 do renomado Grande Prêmio Presidente Augusto de Souza Queiroz 2024 (Grupo III – R$ 18.000,00) – para produtos de 2 anos –, que aconteceu Sexta-feira, dia 17 de Maio, na distância de 1.400 metros, em pista de areia macia, do Hipódromo de Cidade Jardim.

Comandada com segurança pelo competente Ivaldo Santana, a bela filha de Forestry simplesmente largou e acabou. Franca-favorita dos apostadores, TENUTA POGGIONE ignorou seus adversários ao longo do percurso, seguindo para o espelho com mais de 4 corpos de vantagem sobre o competente No Bien Ni Mal (2.Hofburg), que, mesmo largando mal, teve ótimo desempenho. Bastante afastado, em terceiro, finalizou Rüfüs Du Sol (2.Courtier). Sublime (2.Verrazano) chegou em quarto, com Dragon Rock (2.Catcher In The Sky) no quinto e último lugar.

Perfeitamente treinada, no Paraná, pelo brilhante Antenor Menegolo Neto, a vencedora, TENUTA POGGIONE, que conquistou o primeiro triunfo nobre de sua curta campanha, registrou a marca de 1m22s318s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

TENUTA POGGIONE: Filha de Forestry não encontrou

dificuldades para confirmar seu amplo favoritismo


 

Qualificado potro do Haras Nijú mostrou

que está pronto para vôos mais altos

Em performance de encher os olhos dos amantes do esporte das rédeas, o talentoso potro LENDÁRIO BRUJO (Macho, Castanho, 2 anos, do Rio Grande do Sul – Comandante Dodge e És La Bruja por Tiger Heart), criado por seu proprietário, o Haras Nijú, dominou o Clássico Presidente Herculano de Freitas 2024 (Listed Race – R$ 11.000,00 + bônus de R$ 3.000,00 ao dono do vencedor) – para produtos de 2 anos –, um dos destaques da programação de Sexta-feira, 17 de Maio, no quilômetro gramado, em pista leve, do Hipódromo de Cidade Jardim.

Recebendo eficiente orientação do habilidoso Waldomiro Blandi, o neto de Tiger Heart assumiu a dianteira momentos após a largada e assim veio para o espelho. Esbanjando qualidade, LENDÁRIO BRUJO abriu 2 corpos e meio de vantagem sobre seus qualificados oponentes. Descontando na hora da verdade, o atropelador West Gold (2.West By East) tomou, que o segundo lugar do grande favorito Boy Gift (2.Wenzel Blade), que esmoreceu após lutar pela vitória com o campeão e precisou se contentar com o terceiro posto. Próximo, em quarto, finalizou Pordenone (2.Camelot Kitten), com John do Jaguaretê (2.Bush Gardens) na quinta posição. Number Runner foi o sexto e último colocado.

Muito bem preparado, no Paraná, pelo excelente Marcos Decki, o vitorioso, LENDÁRIO BRUJO, que obteve o primeiro êxito nobre de sua campanha, ficou a 294 milésimos de segundo do recorde dos sensacionais Sai de Baixo (2010.Elusive Quality) e Wenzel Blade (2011.Blade Prospector) ao travar os cronômetros na incrível marca de 53s828s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

LENDÁRIO BRUJO: Conquista aos esbarros e próxima do recorde


 

Pela primeira vez em Cidade Jardim, representante do Stud Escorial

conquistou o Clássico Presidente Vicente Renato Paolillo (L.)

Em sua primeira exibição em solo paulistano, a qualificada potranca SAMCAT (Fêmea, Castanha, 2 anos, do Rio Grande do Sul – Verrazano e Halla Star por Forestry), criada pelo Haras Di Cellius e pertencente ao Stud Escorial, falou mais alto na edição 2024 do Clássico Presidente Vicente Renato Paolillo (Listed Race – R$ 11.000,00 + bônus de R$ 3.000,00 ao dono da ganhadora) – para fêmeas da Geração 2021 –, ocorrido Sexta-feira, 17 de Maio, na distância de 1.300 metros, em pista de areia macia, do Jockey Club de São Paulo.

Tranquilamente governada pelo competente José Aparecido, a neta de Forestry, eleita favorita pelos apostadores, não decepcionou. Líder desde a largada, SAMCAT desvencilhou-se de suas rivais na metade da reta final, garantindo confortáveis 7 corpos e ¼ de vantagem sobre a bela Só de Amor (2.Can The Man), que ficou com a formação da Dupla. Esmorecendo na hora da verdade, a tordilha Olympic Winner (2.Wenzel Blade) concluiu sua apresentação no terceiro posto. La Special Polly (2.Que Fenômeno) terminou em quarto, deixando Mauari (2.Pirâmide Solar) no complemento do marcador. New Jersey encerrou o lote, em sexto. Já Tenuta Poggione, New Tapit e Never Love Again não competiram.

Carinhosamente preparada no Rio de Janeiro pelo cuidadoso Teófilo Oliveira, a ganhadora, SAMCAT, que brilhou na esfera clássica pela segunda vez – já possuía o troféu do Clássico Ministério da Agricultura (L.), realizado na Gávea –, assinalou o tempo de 1m17s689s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

SAMCAT: Filha de Verrazano venceu e convenceu!


 

Pensionista de Antenor Menegolo Neto (PR) fez bonito na

P.E.Carlos Eduardo Salles Vaz Guimarães 2024

Disputada no começo da noite de Sexta-feira, 17 de Maio, no percurso de 1.000 metros, em pista de grama leve, do Hipódromo Paulistano, a Prova Especial Carlos Eduardo Salles Vaz Guimarães 2024 (R$ 8.500,00 + bônus de R$ 5.000,00 ao dono da vencedora) – para fêmeas de 2 anos –, teve como vencedora a qualificada TALBOT JULIEN (Fêmea, Castanha, 2 anos, do Paraná – Camelot Kitten e Eufórica por Northern Afleet), criada por seu proprietário, o Haras do Morro.

Perfeitamente comandada pelo ótimo Marcos Ribeiro, a neta de Northern Afleet, que buscou o primeiro lugar desde a largada, se despediu das rivais quando restavam 200 metros para o espelho. Em performance impecável, TALBOT JULIEN abriu pouco menos de 3 corpos de vantagem sobre a preferida dos apostadores, Angel Forestry (2.Forestry), que precisou se contentar com a formação da Dupla. A bela tordilha Nazaré (2.Camelot Kitten) ultrapassou o espelho no terceiro lugar. Felina Dollar (2.Billion Dollar) terminou em quarto, deixando Suco de Uva (2.Honesto), afastada na quinta e última posição. Olympic Winner, Só de Amor, Ziperous e Só Contigo não foram apresentadas.

O cuidadoso Antenor Menegolo Neto, que atua no Paraná, é quem responde pelo preparo da vencedora, TALBOT JULIEN, que brilhou na esfera clássica pela primeira vez. Os cronômetros foram travados na marca de 54s706s.

FOTO: Jockey Club de São Paulo

TALBOT JULIEN: Filha de Camelot Kitten foi destaque entre as potrancas


 

Haras e Studs


Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner

Banner
Banner