TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner


Home Artigos Geral RED SPIRIT MANTÉM SUA INVENCIBILIDADE EM SOLO GAÚCHO AO FATURAR O CLÁSSICO ALMIRANTE MARQUÊS DE TAMANDARÉ 2020

RED SPIRIT MANTÉM SUA INVENCIBILIDADE EM SOLO GAÚCHO AO FATURAR O CLÁSSICO ALMIRANTE MARQUÊS DE TAMANDARÉ 2020

Trazendo êxitos de seus três compromissos anteriores, o qualificado fundista RED SPIRIT (5.Public Purse e Tieta por Torrential), criado pelo Stud Mesqueu e pertencente ao Sr.Ricardo Corrêa, voltou a se impor em solo gaúcho. Desta vez, o neto de Torrential levantou o título do Clássico Almirante Marquês de Tamandaré 2020 (R$ 5.500,00) – para animais de 3 anos e mais idade –, ocorrido Sexta-feira, dia 5, no percurso de 2.000 metros, em pista de areia encharcada, do Hipódromo do Cristal.

Sob eficiente orientação do ótimo Antony Renan, o descendente do memorável reprodutor Public Purse permaneceu no fundo do lote durante o começo da disputa, aguardando a reta de chegada para evoluir. Franco-favorito dos apostadores, RED SPIRIT foi em busca da vitória na hora da verdade e, na energia de seu piloto, atingiu seu objetivo somente pouco antes do espelho, quando livrou cerca de meio corpo de vantagem sobre o insistente Namur (5.Elmustanser), de grande atuação. O valente Hubli (5.Agnes Gold), de participação ativa na carreira, cruzou o disco na terceira colocação. Type Stripes (3.Molengão) chegou em quarto, deixando Faro Spartivento (4.Drosselmeyer) na quinta posição. Depois, terminaram: Haja Coração e Adriansassy. Anturio não competiu.

Apresentado, em exuberante estado atlético, pelo talentoso Hermínio P.Machado, o ganhador, RED SPIRIT, que chegou ao seu primeiro êxito na esfera clássica, travou os cronômetros na marca de 2m13s5/10s.

FOTO: Hermes Martins – TURFE ON-LINE

RED SPIRIT: Neto de Torrential continua

sem saber o que é derrota na pista do Cristal

Compartilhe

 

Publicidade

Banner
Banner
Banner

Banner
Banner