TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner


Home Artigos Geral JANELLE MONAE: DE UMA ESTREIA EMPOLGANTE A UM TÍTULO DE GRUPO I

JANELLE MONAE: DE UMA ESTREIA EMPOLGANTE A UM TÍTULO DE GRUPO I

Em sua segunda apresentação nas pistas, pensionista de

Luiz Esteves (CT) ergue a taça do GP Henrique Possolo 2021 (G.I)

Um dos destaques da festiva reunião de Domingo, 7 de Fevereiro, no Hipódromo da Gávea, ficou por conta do renomado Grande Prêmio Henrique Possolo 2021 (Grupo I – R$ 30.000,00 + valor “ADDED”, de R$ 21.818,20, ao dono da vitoriosa), destinado a fêmeas de 3 anos, sendo a primeira prova da Tríplice Coroa Carioca. A expectativa de uma disputa eletrizante do início ao fim se confirmou plenamente nos 1.600 metros, em pista de grama pesada, desta relevante carreira.

Ninguém conseguiu superar o talento da excelente JANELLE MONAE (Fêmea, Castanha, 3 anos, do Paraná – Agnes Gold e Just Lucky por Spend A Buck), de criação e propriedade do Haras Santa Rita da Serra. Comandada com precisão pelo competente Henderson Fernandes, a bela descendente de Agnes Gold, que havia impressionado os Turfistas em sua apresentação de estréia nas pistas, no início de Janeiro, novamente mostrou ser uma corredora diferenciada. Posicionada em quarto durante os primeiros movimentos da competição, JANELLE MONAE evoluiu com firmeza nos 150 metros finais para garantir o primeiro êxito nobre de sua campanha – e logo em um Grupo I de tamanha importância. Transpirando garra, a neta do inesquecível garanhão Spend A Buck conseguiu manter um pescoço de vantagem no espelho sobre a não menos valente I Believe In Magic (3.Put It Back), de empolgante performance. A bela Cherie Vi (3.Put It Back), em forte atropelada nos instantes decisivos, chegou próxima no terceiro lugar. Queller (3.ARG.Roman Ruler) terminou em quarto, com Nuit Noire (3.Forestry) na quinta posição. Fora do marcador, finalizaram: If Looks Like (favorita, não correspondeu ao esperado), Nuance (liderou o páreo em seu começo), Rita Di Cascia, Octane, In Society, Original Cash e Quick Gold.

Impecavelmente preparada pelo mestre Luiz Esteves (CT), a campeã, JANELLE MONAE, assinalou o tempo de 1m36s39s. Invicta nas pistas através de duas apresentações, a descendente de Agnes Gold terá de superar outros dois obstáculos para alcançar o posto de Tríplice Coroada: Respectivamente os 2.000 metros gramados do Grande Prêmio Diana (G.I), a ser disputado dia 14 de Março; e o Grande Prêmio Zélia Gonzaga Peixoto de Castro (G.I), marcado para o dia 11 de Abril, no percurso de 2.400 metros, em pista de grama.

FOTO: Sylvio Rondinelli – Jockey Club Brasileiro

Tríplice Coroa Carioca 2021 tem em

JANELLE MONAE uma candidata de peso!

Compartilhe

 

Haras e Studs


Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Banner
Banner