TurfeOnline.com

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Banner
Banner
Banner
Banner


Home Espaço Veterinário NATAÇÃO UMA GRANDE ALIADA DA PERFORMANCE – PARTE II

NATAÇÃO UMA GRANDE ALIADA DA PERFORMANCE – PARTE II

NATAÇÃO UMA GRANDE ALIADA

DA PERFORMANCE – PARTE II

Autor: Ricardo Braga

Nesta segunda parte vamos finalizar o raciocínio da semana passada. Muito importante, vamos frisar a questão do aquecimento. Estamos falando de um programa de treinamento, logo o animal deve estar adaptado e aquecido, pois mesmo dentro da água o animal não está livre 100% de lesões ou desconfortos musculares e todo o cuidado é necessário. Um outro dado importante é manter o animal sempre hidratado, para que os músculos tenham sempre um grande poder de elasticidade.

Foto: Propriedade do autor

Lembrando que o animal deve ingerir uma média de 25 a 30 litros de água por dia. Sobre o aquecimento bem feito, estamos falando que o cavalo deve aumentar 1 a 1,5o graus acima de sua temperatura normal.

Segundo Andrea Caudill, com tradução de Aldo Aldo Ferrari no American Quarter Horse Racing Journal em Dezembro de 2005, a forma mais antiga de hidroterapia baseada na imersão é a natação e desde os anos 70 sua prática é muito usada por treinadores de cavalo, porém como um lazer e não como parte integrante e permanente do programa de treinamento.

Um outro aspecto interessante é que o treinador ou tratador faça uma adaptação com mangueiras de água antes do exercício de forma que a piscina não se torne um choque e passando a ser um pesadelo para nosso atleta, aumentando seu nível de stress.


Foto: Propriedade do autor

Uma das piscinas mais bem adaptadas ao treinamento fica em Canterbury Park em Shakopee, Minnesota, USA, no Turf Paradise, onde a natação é parte integrante da preparação física, tendo projetos aeróbios, anaeróbios e recuperação fisioterápica.

Foto: Propriedade do autor – www.canterburypark.com

Segundo Kirsten Johnson (trabalha há mais de 20 anos com recuperação de cavalos atletas e condicionamento de cavalos atletas em final de carreira), a natação é excelente para fortalecer as condições básicas cardiovasculares e pulmonares, tornando-se ótima atividade para potros recém domados que precisam fortalecer suas articulações, tendões, ligamentos e estrutura muscular e recondicionamento de cavalos com mais idade. Em seu centro de excelência, KESMARC, clínica especializada em condicionamento pós cirurgia, treinamento para potros e recuperação, usando as águas como elemento fundamental, Kirsten estabelece que a natação é um princípio básico para quem pretende trabalhar com treinamento de cavalos. O exemplo deste treinamento vem de DEB WILLIANS que treina cavalos com seu marido o Jockey TIM, no Texas, EUA e tem dentro de seu plantel a potra de 2 anos Eyesa Shaker com vitória no Heritage Place Futurity (G.I) com base na natação.

A natação também funciona como uma ótima terapia para os casos de overtraining, animais que tenham passado do ponto por excesso de exercício.

Segundo Willians, "Quando colocamos cavalos doidos, tristes e muito cansados, eles entram e depois de 3 a 4 dias, seu comportamento muda por completo. Nota-se o prazer deles em estar ali". Andrea Caudill, com tradução de Aldo Aldo Ferrari no American Quarter Horse Racing Journal em Dezembro de 2005.

Da mesma forma que a natação é excelente para potros, também tem eficácia para cavalos idosos com suas articulações e boletos comprometidos.

Foto: Propriedade do autor

A natação dentro de uma conduta inteligente de uso (no máximo 3 vezes por semana) tem que produzir um estado de alegria ao animal. Ele tem que ter vontade de executar o exercício, quase que pedindo.

Pense em seu programa de treinamento como um todo e não como partes isoladas. Lembre-se que os resultados com as boas performances lhe deixará muito feliz, mas antes de tudo temos que ter um animal mais feliz ainda.

Foto: Propriedade do autor

A natação pode ser considerada uma ótima alternativa para seu treinamento, basta termos coerência como tudo na vida. Todas as fotos são de propriedade de Ricardo Braga, autor deste texto, com as citações observadas durante a leitura.

FONTE: Resumo técnico pertencente ao arquivo do blog: www.medvetsport.blogspot.com destinado a pesquisa, estudo e debate da Fisiologia do Exercício do Cavalo Atleta. Protegido pela Lei 9.610 – Direitos Autorais. Todos os artigos e imagens possuem a citação das fontes.

Compartilhe

 

Publicidade

Banner
Banner
Banner

Apoio

Banner

Banner
Banner